Como funcionam as plataformas de venda online?

 Como funcionam as plataformas de venda online?

Se você é uma pessoa que está começando a empreender ou tem esse desejo e está planejando os próximos passos e estudando alternativas, já deve ter se perguntado como funcionam as plataformas de venda online, não é?

Essa é uma dúvida muito comum! Afinal, apenas em 2020, mais de 2.315.054 foram abertas, segundo dados da Revista Exame. 

Ainda mais interessante é notar que, segundo a pesquisa do PayPal em parceria com BigDataCorp, já são mais de 1,59 milhão de sites no comércio online até o ano de 2021. 

Números tão interessantes apenas reforçam a importância das plataformas de vendas online, que são a “ponte” entre vendedor e comprador. 

Mas, pense nas seguintes questões:

  • Quais são as melhores plataformas para vender online? 
  • Como funcionam os portais de compras?
  • Como começar, de fato, com as vendas online?
  • Como escolher a melhor dentre tantas opções no mercado?

Todas as respostas estão no artigo de hoje! A equipe +ETC desenvolveu este conteúdo completo para te ajudar a tomar a melhor decisão e tirar do papel o seu projeto ou melhorar o seu negócio que já existe. Vem conferir! 

Como funcionam os portais de compras?   

Os portais de compras online atuam como um mediador entre quem oferece e quem adquire os produtos no meio digital. É o mesmo que um shopping, mas online. 

Dentro desta modalidade, existem duas opções de atuação: os e-commerce e os marketplaces. 

Na primeira modalidade, o empreendedor cria uma loja virtual única para si, e precisará atrair tráfego de possíveis clientes sozinho. 

A segunda opção, porém, insere a loja online do empreendedor em um sistema robusto, com possibilidade de segmentação de nicho e público. 

Neles, o empreendedor pode cadastrar seus produtos, arrumar a sua loja com o layout e tema que preferir, e começar a atuar com o tráfego que já existe na categoria que escolheu, trabalhando lado a lado com outras marcas

As duas opções são válidas e podem coexistir em um negócio para prospectar clientes em potencial, aumentando as chances de venda e, consequentemente, lucro.

Melhore agora mesmo os seus ganhos com a Mais ETC!

Plataformas de venda online   

As plataformas de venda online são ótimas opções para quem já tem uma gama de produtos para oferecer e deseja criar o seu próprio espaço 

Basta que o empreendedor siga esses passos: 

  • escolha uma opção;
  • crie seu login;
  • defina seu plano mensal ou anual de assinatura (a maioria delas são pagas);
  • comece a configurar a sua loja virtual em termos de layout e apresentação;
  • cadastre todos os produtos que pode vender pela internet, considerando envio e disponibilidade;
  • e use-a com sabedoria, criando estratégias de marketing digital entorno dela. 

Plataformas de e-commerce tradicionais: exemplos       

diferenca-loja-virtual-e-online

Foto: Pexels | Como funcionam as plataformas de venda online?

Existem algumas plataformas de e-commerce tradicionais que você pode escolher. 

Todas elas oferecem diferenciais e ferramentas que podem ser úteis, principalmente se você lida com um grande fluxo de pedidos e logística. Confira quais são a seguir. 

Nuvemshop

A Nuvemshop é uma plataforma que se destaca ao oferecer compatibilidade com outras ferramentas e canais, como as redes sociais, por exemplo. Algumas características dela, são:

  • mais de 30 temas personalizáveis disponíveis;
  • atendimento e suporte somente por e-mail;
  • valores entre R$49,90 a R$999,90 mensais. 

Dooca

A Dooca oferece diversos temas gratuitos para personalizar sua loja e deixá-la com a “cara” do seu negócio, além de afirmar que o usuário pode fazer tudo sozinho, sem precisar contratar nenhum especialista. Outras características, são:

  • pagamentos disponíveis via PIX;
  • possibilidade de integração com sistemas contábeis;
  • valores de R$49 a R$799.

WooCommerce       

Diferentemente das opções anteriores, o WooCommerce é um plugin. Ele pode ser instalado em sites WordPress, por exemplo. Por isso, tem uma grande comunidade de desenvolvedores. Confira outras informações:

  • oferece temas exclusivos;
  • tem suporte abrangente;
  • é gratuito, mas você precisa ter um site WordPress antes.

Marketplaces: como funciona? Quais as vantagens?

diferenca-loja-virtual-e-online

Foto: Pexels | Como funcionam as plataformas de venda online?

Após conhecer essas opções, você precisa entender como funciona e quais as vantagens dos marketplaces

Para os pequenos empreendedores, eles realmente são a melhor opção. 

Afinal, você pode aumentar a visibilidade do seu negócio e ser encontrado por clientes segmentados, que já estão em fluxo. 

Nos marketplaces cada produto cadastrado terá seu nome e termo-chave otimizado para aparecer nos resultados de busca dentro da rede, a fim de atrair a atenção de visitantes.

Mas, não são apenas essas vantagens! Existem muitas outras, como você pode ver abaixo.  

Visibilidade alta   

Se você ainda não tem nenhuma fonte de tráfego ou forma de atrair clientes e impulsionar suas vendas, o marketplace é a melhor escolha, ao invés das plataformas. 

Pense: o que adianta montar toda a sua loja virtual, com seus produtos, investir muito tempo e dinheiro, se você ainda não tem uma estratégia de geração de tráfego (visitas)?

Você precisa primeiro ser visto e conquistar uma audiência qualificada para somente então ter chances de venda e escalabilidade do seu negócio. 

É justamente isso que o marketplace oferece: 

  • possibilidade de crescimento;
  • aumento das vendas online;
  • base de acessos e visitantes constantes, que conhecerão seus produtos e serviços;
  • ferramentas de gestão, integração, gerenciamento de pedidos e logística;
  • automação de processos, integração com os Correios e muito mais. 

Se decidir começar com a loja online em uma plataforma como as citadas acima, também é possível. Mas, saiba que isso levará muito mais tempo, dificultando sua jornada. 

Neste último caso, talvez seria necessário investir recursos financeiros em anúncios pagos no Google e Facebook para ganhar visibilidade que, de outro modo, seria gratuita ao entender como funcionam as plataformas de venda online ideais. 

Baixo Investimento   

Outra vantagem do marketplace é o baixo investimento e custo de manutenção. 

É muito mais simples e barato criar migrar sua loja para o ambiente online com o marketplace do que comprar um domínio próprio, assinar plataformas, manusear as ferramentas e, se necessário, contratar um web designer. 

Esses ambientes em formato e-commerce cobram mensalidades com planos que limitam a quantidade de cadastro de produtos, formas de pagamento, transações e ferramentas de integração e gerenciamento. 

Geralmente, apenas se você pagar o plano premium (o mais caro) terá acesso a todas as funcionalidades do sistema. 

Como funciona a precificação no marketplace de vendas online?

No caso do marketplace, porém, como acontece com a plataforma +ETC, você não precisa se preocupar com taxas “fantasmas” que cobram mesmo que você não venda nada. 

A modalidade de cobrança dos marketplaces é por venda. Ou seja, apenas quando você fecha a venda e lucra, o sistema fica com uma pequena taxa. 

Assim, você não precisa ter medo de “não ter o dinheiro suficiente para a mensalidade”, já que não existem mensalidades fixas e você só paga quando vende algo com a nossa ajuda. 

Incrível, não acha? É muito mais vantajoso do que as outras modalidades. Além disso, no nosso caso, você também tem acesso a uma comunidade unida, composta por outros pequenos empreendedores. 

Juntos, os aprendizados serão inúmeros: desde o compartilhamento de estratégias de vendas e experiências, até a possibilidade de expandir sua rede de contatos para fazer parcerias lucrativas. 

Mercado segmentado       

Por fim, um benefício que se destaca e que faz o marketplace valer a pena é a segmentação de mercado. 

Afinal, ao cadastrar sua loja, nós pedimos que você escolha um nicho de mercado, que identifique seus produtos. 

Assim, ao pesquisar no marketplace sobre determinado produto, o usuário receberá informações com o filtro de nicho, com lojas como a sua como resultado para a busca.

Por exemplo, se você vende cadernos personalizados, pode escolher o nicho “papelaria” ou “escritório”. Assim, se o usuário pesquisar por “agenda” ou “caderno”, você aparecerá como resultado. 

Aqui, entra a importância de saber exatamente qual público você quer atender e o que você oferece. Lembre-se: quem tenta vender de tudo, para todo mundo, não vende para ninguém. 

Basta pensar nessas informações, definir tudo conforme a sua marca e posicionamento, e entrar para o nosso marketplace! 

Confira como se estabelecer no melhor marketplace

Conclusão

Percebeu como funcionam as plataformas de venda online, incluindo o marketplace? Essas são ferramentas que te ajudam a escalar seu negócio e atender cada vez mais clientes, com a possibilidade de aumentar a lucratividade. 

Se você gosta de conteúdos sobre gestão de negócios, precisa continuar acompanhando a Comunidade e Blog +ETC! 

Por aqui, sempre compartilhamos os melhores conteúdos, de modo prático, para te ajudar a aumentar os ganhos e ter sucesso no seu negócio, além de sempre se lembrar dos seus valores e propósito. Vale a pena conferir! 

Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
E-mail

Conteúdo relacionado