Como destacar os seus produtos no MarketPlace? 8 questões para repensar

 Como destacar os seus produtos no MarketPlace? 8 questões para repensar

Competir com uma infinidade de concorrentes pode ser um desafio para muita gente. Contudo, há meios de se repensar para melhorar a visibilidade nas plataformas.

O MarketPlace é uma ótima opção para alcançar mais clientes e aumentar as vendas, principalmente para lojas online. Por outro lado, é um espaço bastante concorrido.

Por muitas vezes, os lojistas estarão disputando as vendas de produtos semelhantes e até iguais. Por isso, como destacar a sua mercadoria?

 Infelizmente não há uma “fórmula certa”. Contudo, há algumas estratégias que podem te ajudar a alcançar estes objetivos. Listamos aqui algumas questões a se repensar que podem ser bastante úteis:

Foto: Freepik

1.Você completou todos os requisitos do MarketPlace?

Uma maneira bastante simples de ter a atenção das plataformas de vendas é um anúncio completo, bem trabalhado e que cumpra todas as exigências do site, como:

  • Boas imagens;
  • Títulos de acordo com o anúncio;
  • Descrições elaboradas;
  • Classificação adequada;
  • Cumprimento dos prazos de entrega;
  • Tabelas de medidas.

2.Os seus produtos estão bem apresentados?

Assim como em uma loja física, vender pela internet também requer uma boa vitrine, principalmente em sites de MarketPlace, que possuem uma infinidade de concorrentes. 

Uma dica bastante valiosa é o uso de imagens reais e bem trabalhadas. Isso atrai mais o olhar do consumidor que imagens prontas e genéricas.

Se o seu produto for roupas, por exemplo, as fotos produzidas pela sua loja podem se destacar bem mais, mesmo que o seu produto seja igual ao do concorrente. 

Clareza

Já se você vende utensílios, a imagem precisa ser clara sobre o que é e para que serve. Se possível, chame atenção para as suas dimensões e principais características.

Isso pode influenciar na escolha do cliente, uma vez que ele só terá  acesso ao produto quando chegar na sua casa.

Observação: atente-se às resoluções e especificações de imagens exigidas pela plataforma, para que a foto se encaixe perfeitamente ao anúncio.

3.O seu produto está classificado corretamente?

Os sites de MarketPlace possuem categorias específicas, que auxiliam o cliente a achar o que  está procurando.

Ao cadastrar um produto, lembre-se de sempre categorizá-lo adequadamente, para que o seu item apareça nos resultados de busca. 

Uma boa categorização auxilia até nas recomendações de produtos. Uma vez que uma pessoa clica em uma mercadoria, as chances do seu anúncio aparecer em “itens semelhantes” é bem maior. 

Foto: Freepik

Mais classificações

Se tiver dúvidas, pesquise antes na plataforma a categoria que imagina que o seu produto se encaixe para ter certeza de que o item esteja no lugar correto. 

Já se o que você vende também pode entrar em outras categorias, selecione a mais pesquisada e utilize as chamadas “tags”. Trata-se de palavras-chave que auxiliam na busca.

Por exemplo, se você vende bijuterias, use tags como beleza, moda e acessórios. 

4.O seu produto possui uma boa descrição?

Isso com certeza pode fazer toda a diferença na decisão do cliente. Já falamos sobre isso aqui

A descrição também ajuda que o anúncio seja encontrado pelo consumidor quando ele fizer uma pesquisa na barra de busca do MarketPlace.

Venda o seu peixe

É na descrição do produto que você deve  sanar todas as dúvidas do consumidor, mostrar quais são as vantagens, para que serve, as dimensões do produto, quais as especificações, o material feito e por aí vai.

Uma boa descrição começa pelo título, além de palavras-chave fortes que traduzam a sua mercadoria de forma clara.

5.Você fala a mesma língua que o seu público?

Vender pela internet é entender que há várias pessoas no mesmo lugar. Algumas que entendem muito do que querem comprar e outras que nem tanto.

Não adianta estabelecer uma linguagem muito técnica, pois pode afugentar clientes leigos. Por outro lado, uma descrição vaga  também pode afastar o interesse de consumidores que querem mais informações. 

É necessário agradar os dois. Por isso, é importante que a sua descrição seja a mais completa possível, mas de forma que todos possam entender. 

Se você revende algo, por exemplo, evite copiar as especificações do fabricante. 

6. O preço do seu produto é competitivo?

Não adianta se atentar a todas estas dicas se o valor cobrado pela sua marca é bem mais alto que os seus concorrentes. Lembre-se que o seu produto estará ao lado de uma infinidade de itens, e o preço pode chamar a atenção do consumidor. 

De acordo com um levantamento da Locaweb, 66% dos clientes buscam produtos na internet justamente porque os preços são melhores.

Por outro lado, cobrar um preço menor, pode não gerar lucros. Por isso, a melhor alternativa é avaliar os seus preços e entender qual o melhor valor para se aplicar. 

Foto: Freepik

Como se faz isso?

Embora pareça complicado, há algumas estratégias que podem te auxiliar, como:

  • Calcular o custo que você tem para desenvolver ou comprar o produto que você tem;
  • Entender qual a sua margem de lucro e se é possível mexer nela;
  • Avaliar o preço oferecido por outros lojistas.

7.Como é o seu prazo de entrega?

O frete também é outra questão que influencia na decisão do consumidor. Tanto que, muita gente prefere comprar itens nacionais a comprar de fora, justamente por causa do prazo menor de entrega. 

Sem contar que quando o seu produto é igual ao do seu concorrente e com preço semelhante, o que  vai prevalecer no final, é o prazo de entrega. 

Leia também: Frete no MarketPlace: Quem paga? Entenda como funciona

Por isso, reavalie a sua logística, entenda o que dá para ser feito de acordo com o seu orçamento para uma entrega mais rápida.

Opções como frete grátis também podem ser uma alternativa.

8.A sua loja possui boas avaliações?

Com uma quantidade enorme de opções, as avaliações também são levadas em conta na hora de escolher um produto. Por isso, conquistar elogios pode auxiliar e muito na reputação do seu negócio.

Isso pode ser adquirido na prática, como atender os clientes de forma rápida, esclarecer dúvidas, produtos de qualidade, preços competitivos, bom prazo de entrega e até enviar mimos junto ao produto.

Como a + ETC pode te ajudar nisso

A + ETC nasceu com o propósito de auxiliar o microempreendedor nessa jornada no mundo dos negócios. Sabemos que empreender no Brasil não é fácil, principalmente quando temos que concorrer com o universo da internet.Por isso, além de proporcionar as melhores condições para as suas vendas, a +ETC busca te auxiliar em toda essa jornada, sendo mais que um MarketPlace, mas impulsionando a sua marca.

Compartilhe esse conteúdo

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Conteúdo relacionado